Trabalhos Recentes




Últimas do Blog

Como escrever títulos de qualidade para os seus artigos

Seja em um blog, site, portal, jornal ou revista, não importa, os títulos dos artigos são de vital importância na primeira escolha do leitor (vou ler esse artigo ou não?).

Se o título conseguir despertar curiosidade suficiente ou mesmo conseguir convencer o leitor de que ele vai encontrar naquele artigo o que procura, seu trabalho está feito!

Por isso, vamos ver hoje algumas dicas de como escrever títulos de qualidade para seus artigos:

Nunca Tente Enganar O Leitor


Se existe uma maneira de perder um leitor para o resto da vida é enganá-lo no título! Fazer com que ele pense que vai encontrar um conteúdo que não existe ali!

Apesar de você acreditar que é o grande e todo poderoso blogueiro e que sabe mais que qualquer leitor que chega até o SEU blog (você não pensa assim né?), vai por mim, o seu leitor é muito mais inteligente do que você imagina.

Se quer perder seu leitor de vez, então engane-o com um título que não corresponde ao conteúdo do artigo. Agora, se quer manter seu leitor, escreva seu título baseado em seu conteúdo!

Isso é simples e um fato incontestável! NUNCA tente enganar o leitor!

Escrevendo Para O Leitor: Os Erros De Português

Tome muito cuidado com os erros de português de um modo geral. Não tem nada pior que um título escrito errado. Conjugação verbal errada ou mesmo palavras escritas erradas são imperdoáveis.

Claro que para quem publica muito conteúdo diariamente, é possível acontecer de passar alguma coisa, por mais que você seja cuidadoso e leia e releia o texto antes de publicar (mesmo assim não é desculpa). Agora, palavras bobas escritas de forma incorreta, aí não tem desculpa mesmo.

Hoje em dia o que não falta é corretor ortográfico. Quase todos os programas disponíveis (até os mais básicos) tem corretor ortográfico.

E não preciso nem dizer que não só o título, mas o conteúdo também merece o mesmo cuidado né?

Escrevendo Para O Buscador: Palavras-chave

Se escrever para o leitor exige total atenção com relação aos erros de português, escrever para os buscadores (leia-se Google) é uma ciência (não muito exata, é verdade) que deve ser dominada por quem deseja blogar com seriedade.

Use o máximo de palavras-chave que puder em seu título e na descrição.

Para quem não usa um plugin, ou mesma o espaço para descrição do WordPress (e até mesmo para quem usa eu diria o mesmo) vale prestar atenção e gastar um maior tempo pensando no primeiro parágrafo do seu artigo.

E como estamos falando do título, a tal ciência “quase exata” se aplica aqui!

Conseguir escrever um título com o máximo de palavras-chave possível, sem que com isso o título não venha a perder o sentido ou mesmo se torne confuso para o leitor é coisa de cientista maluco!

A Arte De Fazer Acreditar


Existe um ponto quando se começa a escrever diariamente que eu chamo da “Arte de acreditar”. É um ponto onde eu chego em que acredito que escrevi o melhor artigo que podia e que o título está perfeito (“não tem como ficar melhor”).

E com o tempo e experiência, acabei descobrindo que o “truque” está em fazer o leitor acreditar tanto quanto você!

Isso é quase impossível, mas é com certeza uma experiência muito prazerosa com a qual eu não me importo de gastar um pouco do meu tempo todos os dias.

Não tem como medir isso! Só com a prática mesmo! E eu, do fundo do coração, desejo que você possa passar por isso a medida em que for gostando de escrever e de atualizar seu blog!

Dicas Finais

Agora quero deixar algumas dicas finais para te ajudar a escrever títulos de qualidade para os seus artigos, mas não só:

Surpresa e emoção

Despertar sentimentos no leitor é o primeiro passo para fazer com que ele se interesse em ler o seu artigo. Portanto, seja honesto com o seu título, mas faça com que ele chame atenção. Quanto mais curto e direto melhor! E se vem com emoção melhor ainda!

Listas agradam

Não tem jeito, escrever em formato de lista é uma das coisas que mais agrada aos leitores. Seja contando (10 técnicas para escrever um bom artigo) ou em forma de dicas/truques (Dicas de como escrever bons artigos). Os leitores gostam de listas, entre outras coisas, por um motivo muito simples: Listas quebram a leitura, falam de vários assuntos dentro de um mesmo artigo, ainda que interligados. E principalmente, dão uma pausa para respirar, deixando a cargo do leitor a opção de ler todo o artigo ou saltar algum tópico, sem que isso comprometa o entendimento do texto.

Tutoriais são muito bem-vindos

Escrever tutoriais é algo trabalhoso e que geralmente leva mais tempo que qualquer outro artigo (principalmente quando você é daquele tipo de blogueiro que gosta de explicar tudo nos mínimos detalhes). Trabalhoso e desgastante? Com certeza! Retorno garantido? SIM!!!

Informação quente

Se o seu leitor tiver a certeza de que você repassa tudo o que sabe e que principalmente “não consegue guardar segredo” ou seja, tem sempre um artigo novo e de qualidade falando de coisas que os outros blogs ainda não mostraram, seu blog vai estar sempre um passo a frente da concorrência. Mas para isso é importante dominar seu nicho de mercado e se manter atualizado sempre!

Conclusão

Se você acredita que é muita informação para uma coisa só, vou ressaltar talvez a mais importante dica de todas:

Sempre que for escrever um título, dê preferência para frases curtas e palavras que descrevem de forma clara e direta o conteúdo do artigo.

Não tem como errar!

Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
Leia Mais ►

Como atrair mais visitas para o blog sem mágica

As pesquisas são muitas e são várias as pessoas que chegam até o blog e/ou entram em contato através do email, querendo saber como atrair mais visitas para o blog. Já por aqui, passamos 05 Dicas de como conseguir mais leitores melhorando o seu texto. Porém, ainda continuam chegando as perguntas e por isso vamos falar um pouco mais sobre o assunto hoje!

Tempo É Fundamental


É cada vez mais difícil encontrar blogueiros que conseguem atingir o sucesso (seja lá o que sucesso queira dizer para você) em um curto espaço de tempo.

Hoje em dia, conseguir alcançar uma certa notoriedade e consequentemente ganhar dinheiro com um projeto online é uma missão que exige paciência e principalmente muita determinação e força de vontade.

E é aqui que muita gente pensa e até chega a desistir do blog, pois acreditam que ninguém está interessado no conteúdo que produzem (mesmo julgando que produzem um conteúdo de qualidade). Quando na verdade, as pessoas simplesmente ainda não conhecem ou não tem acesso ao seu conteúdo. Simplesmente isso!

Portanto, antes de pensar em desistir porque as visitas não aparecem, coloque na sua cabeça que leva tempo até que seu blog se torne conhecido o suficiente (tempo e um certo número de artigos publicados). Depois disso, as visitas vão crescendo naturalmente.

Conteúdo é qualidade + quantidade


Ter um conteúdo de qualidade é fundamental para o crescimento a longo prazo de um blog, mas a chave do sucesso mesmo está em conseguir produzir muito, em pouco tempo e sem perder a qualidade.

Para quem me acompanha diariamente, sabe que eu costumo publicar três ou quatro artigos por semana (isso quando não passo de um por dia). Escrever tantos artigos, por mais que eu seja apaixonado pela produção para internet, por si só já é cansativo e exige muita disciplina.

Agora, imagine-se escrevendo 5 ou 10 artigos de qualidade por dia. Pode acreditar, tem gente que faz isso diariamente sem nunca deixar cair a qualidade.

Porém, para nós que somos meros mortais, manter uma média de três artigos publicados por semana já está excelente. O fundamental é ter em mente que, tão importante quanto a qualidade é a quantidade. E que a soma dos dois fatores altera o produto! Ou seja, quanto mais artigos de qualidade você tiver publicado em seu blog, mais visitas você vai ter!

Interagir é essencial

Interagir com outros blogueiros e com os seus leitores é fundamental para conseguir sucesso com o seu projeto! Não adianta só ir seguindo/copiando o que você vê por aí!


Interagindo com outros blogueiros
Interagir com outros blogueiros através de comentários, emails e trocas de ideia é fundamental. Agora, existe uma dica simples, mas que faz toda a diferença: Crie links para outros blogs em seus artigos. Acredite, blogueiros são curiosos por natureza. E uma vez que o seu blog apareça nas estatísticas como fonte de tráfego, o blogueiro que você linkou vai querer no mínimo conferir o que estão "falando dele".

Interagindo com os seus leitores

Interagir com seus leitores é um dos caminhos mais rápidos para conseguir o que eu chamo de "publicidade gratuita eficiente"! Uma vez que um leitor satisfeito sai fazendo "propaganda" do seu blog para todos que conhece (esse tipo de publicidade não tem preço). E se você pensar que bastar responder emails e comentários dos seus leitores de maneira honesta e ajudando com aquilo que você sabe, essa é uma troca maravilhosa!

Artigos sem data de validade


Acho que essa é a melhor dica que eu posso dar para quem está pretendendo, não só atrair mais visitas para o blog, mas também ter artigos de qualidade e que chamem atenção de todos.

Diariamente escrevemos sobre programas, serviços, filmes que vimos, etc. Isso tudo é muito bom, mas se você parar para pensar, são artigos com "prazo de validade".

Afinal, na grande maioria dos casos, as pesquisas (e consequentemente o interesse) vão diminuindo com o tempo. São assuntos datados!

O que podemos fazer é procurar de tempos em tempos, escrever artigos atemporais. Ou seja, artigos que vão ser sempre de interesse das pessoas.

Um exemplo simples de artigo sem data de validade é o seguinte:

Um artigo sobre a última versão do WordPress só será válido e atrairá muitas visitas enquanto essa versão do WordPress for a mais usada. A medida que novas versões forem saindo, o seu artigo vai ficando para trás, até que ninguém mais procure por ele.

Agora, se você escreve por exemplo, um artigo sobre como instalar o WordPress ou mesmo sobre como instalar plugins, as chances que esses artigos tragam visitas para o seu blog durante muito, mas muito tempo mesmo, são bem maiores. Uma vez que o processo de instalação, tanto do WordPress, quanto de seus plugins, muda pouco de uma versão para outra. E mesmo que tenham uma grande mudança, bastaria que você fizesse uma atualização do tutorial.

Porém, se você escreve um artigo sobre a importância de usar o WordPress como CMS para se ter um blog profissional, esse artigo tem uma "vida útil" muuuito maior!

Consegue perceber a diferença? O quanto mais você conseguir que seus artigos deixem de ser datados e passem a ser atemporais, maiores as chances de conseguir tráfego gratuito e de qualidade por muito tempo.

Conclusão

Essas foram mais algumas dicas de como atrair visitas para o blog sem mágica. E não tem mágica mesmo! Basta trabalhar duro e não desistir nunca! Pois o resultado pode demorar a aparecer, mas eu garanto, ele vai aparecer e você não vai se arrepender por ter se dedicado a construir um blog de qualidade!

Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
Leia Mais ►

Zen To Done: O que é o ZTD e como funciona na prática

Zen To Done ou simplesmente ZTD é um sistema que serve para te ajudar a desenvolver hábitos para manter todas as suas tarefas e projetos organizados.


O objetivo principal do ZTD é manter o seu dia simples e estruturado, tendo a certeza de que você está fazendo o que realmente precisa fazer, sem se distrair ou perder o foco.

O Zen To Done não é de forma alguma um livro de auto-ajuda, nem tão pouco tem alguma relação com nenhuma religião, seita ou qualquer coisa do tipo.

O ZTD é, como disse antes, um sistema muito simples, porém muito poderoso de se organizar a vida, tanto pessoal, quanto profissional.

Todo o material ao qual temos acesso em português sobre o ZTD foi traduzido em primeiro lugar pelo Lucas Teixeira (ao menos foi através dele que eu tive meu primeiro contato com o ZTD), partindo do livro escrito pelo Leo Babauta, autor do blog Zen Habits.

Como funciona o ZTD?

O Zen To Done é um conjunto de 10 hábitos que vão te ajudar a se organizar simplificando a sua vida.

Pode parecer difícil no começo, mas a medida que você se desenvolve e se acostuma com o ZTD as coisas vão ficando mais fáceis.

Como o próprio autor diz, a ordem a seguir é só uma sugestão, você pode e deve adaptá-la como achar melhor.

Vamos ver abaixo os 10 hábitos que são utilizados no ZTD:


1. Capture


Capturar aqui quer dizer ter onde anotar todas as suas ideias, tarefas, projetos, etc. Tudo o que vier a cabeça que você julgue importante. Quando chegar em casa você vai transferir as tarefas para uma lista de tarefas. Essa é uma caixa de entrada.

Dica: Um caderninho de anotações que possa caber em seu bolso é mais que suficiente.


2. Processe


Processar o que você precisa fazer de forma rápida é fundamental. Você tem que se decidir sobre o que é importante, ou seja, o que é prioridade e o que pode esperar.

Dica: Sempre que processar sua caixa de entrada (no nosso exemplo o caderninho de anotações) seu e-mail (seu e-mail também é uma caixa de entrada) tenha em mente o que você vai fazer (se não for levar mais que 2 minutos), jogar fora, delegar, arquivar ou adicionar a sua lista de tarefas para fazer depois.


3. Planeje


Todos os dias, ao começo ou final de cada dia, faça uma lista das suas TMI’s (Tarefas Mais Importantes), quais são as tarefas mais importantes que você tem para realizar naquele dia, naquela semana.

Dica: Sempre comece o seu dia tentando finalizar as suas TMI’s. Tire da frente o que é mais importante. Apenas se policie para não tentar fazer mais de uma TMI por dia, para não se sobrecarregar ou se frustrar por não conseguir realizar tudo.


4. Faça


Crie o hábito de fazer uma tarefa por vez, sem exceção. Comece por uma TMI e vá em frente.

Dica: Desligue celular, feche caixa de e-mail, saia da internet, etc. Retire tudo o que não for essencial do seu campo de visão e concentre-se apenas na tarefa que você tem que realizar.


5. Sistema confiável


No ZTD para um sistema ser confiável ele tem que ser obrigatoriamente simples. Nunca complique o seu sistema, use listas simples.

Dica: Mantenha as suas listas o mais simples possível. Você pode dividir suas listas em “Trabalho”, “Casa”, “Ligar para”, “Esperar” e assim por diante. Sempre simples. Tudo o que você precisa é de uma lista para cada contexto. E a partir dessas listas você cria uma lista diária e uma lista semanal. Simples.


6. Organize


Procure se organizar o máximo possível. Quanto mais organizado você for, menos tempo você perde e mais ganha em produtividade.

Dica: Tenha um lugar para tudo. Sempre que pegar alguma coisa, que usar alguma coisa, coloque-a de volta em seu devido lugar.


7. Revise


Por mais que você faça anotações sobre tudo, todos estamos sujeitos a erros e principalmente mudança de atitude e/ou conceito.

Dica: Revise seu sistema diariamente e suas metas semanalmente. Sempre que encontrar alguma coisa que não se encaixe, jogue fora ou no mínimo, reformule a tarefa, a ideia.


8. Simplifique


Ter uma lista para cada conceito, uma lista geral diária e uma lista semanal é muito bom. Mas tudo isso só funciona se você aprender a simplificar as coisas.

Dica: Procure sempre reduzir ao máximo suas metas e tarefas para aquilo que você julgar extremamente essencial. Se você tentar resolver todas as tarefas que surgirem você vai acabar perdendo o foco e desistindo.


9. Rotina


Conseguir manter uma rotina é fundamental para que o ZTD funcione bem. A partir do momento que você cria o hábito de seguir uma rotina diária as coisas acabam acontecendo no piloto automático.

Dica: Experimente fazer do ato de conferir suas anotações e preparar o seu dia parte da sua rotina diária. Outro bom exercício é ter um dia para cada coisa, por exemplo, um dia para lavar roupas, um dia para fazer tarefas na rua, etc.


10. Encontre sua paixão


Aqui vamos nos focar no lado profissional. Encontrar sua paixão, aquilo que você realmente gosta de fazer e ainda ser remunerado por isso é o paraíso. Você deve passar a vida buscando encontrar sua paixão e assim que encontrar, se dedicar de corpo e alma para fazer dela a sua profissão.

Dica: Esteja sempre procurando coisas pelas quais você é apaixonado e tentando fazer dessas coisas uma carreira. Faça do seu trabalho a sua paixão e tenha prazer em trabalhar.


Estão aí, os 10 hábitos que fazem do ZTD um sistema prático e funcional.

Se você quer saber mais, ou mesmo baixar o eBook escrito pelo Lucas Teixeira, clique aqui para ir até a página onde estão os links e maiores informações.

Apesar de testar por algum tempo, não utilizo o ZTD da forma como é apresentado aqui na minha rotina do dia a dia, mas confesso que algumas de suas ideias foram a base para criar meu próprio método. Ao menos me fizeram pensar e é claro, adaptar o que mais faz sentido para mim.

Um abraço e até o próximo artigo! 
Tico Esteves
Leia Mais ►

Produtividade: 7 Ações que vão lhe tornar uma pessoa muito mais produtiva

Quantas pessoas você conhece que gostariam de ter mais horas em seu dia? Quantas delas dariam tudo para se tornarem pessoas mais produtivas?

O fato é que o dia tem 24 horas para todos. Então, o que podemos fazer é aproveitar melhor as horas que temos a disposição através da gestão do tempo e do aproveitamento das oportunidades, não buscando horas que não existem e não podem ser criadas.

Já dei algumas dicas interessantes por aqui sobre produtividade. Confira o artigo:

Produtividade: Como ganhar tempo e ser mais produtivo + 10 Super dicas

Por isso, hoje vamos direto ao ponto, ver 7 ações simples para nos tornarmos pessoas mais produtivas. Vamos lá!


1. Conheça o resultado, o caminho vai aparecer.

Você precisa saber para onde quer ir, qual é o resultado que você deseja alcançar. O caminho que você vai percorrer para chegar lá será apresentado, vai aparecer. Tudo o que você precisa é conhecer o resultado. Por exemplo: Ao invés de dizer: "Quero emagrecer" ou "Preciso perder peso" você deve dizer "Vou perder 8 quilos" (ou seja lá quantos quilos você deseja perder, é só um exemplo). Com isso você tem um resultado específico, o caminho, no caso do nosso exemplo, seria os exercícios que deve fazer, a mudança na sua alimentação, etc. Fica bem mais fácil!

2. Registre suas ideias assim que aparecem

Tenha um caderno, um bloquinho ou o que for, para que você possa anotar toda e qualquer ideia que passar pela sua mente assim que ela aparecer. Isso é muito bom e funciona como um filtro, pois muitas vezes, aquela ideia que você imaginava ser fantástica quando apareceu, pode não parecer tão maravilhosa assim depois de alguns dias. Ao passo que, aquela ideia que parecia meio boba quando surgiu, pode se mostrar muito mais importante e interessante do que você imaginava.

3. Tire um dia para se organizar e ganhar tempo

Pare de perder tempo com coisas triviais. Tire um dia para resolver questões como roupas que vai usar em determinada ocasião ou documentos que vai precisar para uma futura reunião. Tenha um dia da semana ou no mínimo algumas horas reservadas para resolver essas questões e pronto, não pense mais nelas.

4. Você não precisa ter resposta para tudo

Aprenda a ignorar certas questões e simplesmente seguir em frente. Você não precisa ter resposta para tudo. As pessoas precisam aprender a resolver seus próprios problemas buscando soluções dentro delas mesmas. Se você costuma resolver tudo para todo mundo, sejam crianças ou adultos, cuidado. Você está criando seres humanos dependentes que vivem apenas em sua zona de conforto. Cuidado! 

5. Seu plano não precisa ser perfeito, apenas feito

Sempre que tiver algo que julga importante e que precisa de algum tipo de planejamento, ou mesmo uma ideia que precisa ser melhor desenvolvida, escreva. Ponha no papel tudo o que vier a mente. Não importa se não é o plano perfeito ou se você não tem todos os passos definidos, apenas escreva. Um rascunho é melhor que uma página em branco. Você não pode editar uma página em branco.

6. Use o poder da visualização

Você deseja alguma coisa? Conhece o resultado final e consegue definir seu objetivo de forma clara? Ótimo! Já ouviu falar em visualizar seus objetivos? Pois é! Você pode e deve usar o poder da visualização ao seu favor. Experimente por pelo menos 5 minutos por dia visualizar seu objetivo, seu resultado final. "Pinte" um quadro completo, com todos os detalhes que puder e se imagine dentro do quadro. Sinta os cheiros, gostos e tudo mais... divirta-se, seja constante e depois me conte o resultado.

7. Peque por ação, nunca por omissão

Sempre que estiver na dúvida se deve agir ou não, aja! O universo gosta de movimento, portanto mova-se! Você consegue se lembrar de quantas vezes acertou simplesmente por ter decidido sair do lugar? Quantos resultados positivos apareceram só porque você deu o primeiro passo? Não perca um minuto do seu tempo duvidando de você ou da sua capacidade de realização. Se não sabe aprenda, se não consegue fazer sozinho, peça ajuda, mas faça alguma coisa, saia do lugar, aja!

Finalizando


São sete ações simples, mas que fazem uma diferença enorme no nosso dia e aumentam absurdamente nossa produtividade. Se proponha a fazer um teste e depois me conte os resultados ok?

Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
Leia Mais ►

Produtividade: Como ganhar tempo e ser mais produtivo + 10 Super dicas

Praticamente todo ser humano que busca melhorar de vida, busca por resultados acima da média, deseja aumentar sua produtividade.

O fato é que estamos constantemente buscando pela fórmula mágica que vai nos permitir gastar menos tempo, produzindo cada vez mais.

Porém, o que você deve realmente se perguntar é: Como algumas pessoas conseguem trabalhar com eficiência, fazendo uma gestão do tempo quase perfeita, ao mesmo tempo que finalizam seus dias completamente satisfeitos, enquanto outras pessoas tem uma tremenda dificuldade para cumprir uma simples tarefa?

O fato é que todos nós temos as mesmas 24 horas em nosso dia. Ou seja, todos nós dispomos do mesmo tempo, do porteiro ou o mais alto executivo de uma grande empresa.

Por isso, vamos falar sobre produtividade e como conseguir aproveitar melhor e de forma mais eficiente o nosso tempo.



Antes de mais nada, vamos definir o que é produtividade:

Produtividade

substantivo feminino
1. característica ou condição do que é produtivo.
2. capacidade de produzir.

É importante que você entenda que produtividade é diferente de estar atarefado o tempo todo. Muitas pessoas se confundem e costumam ver quem fica o tempo todo "ocupado" como alguém muito produtivo. Só que isso quase nunca é verdade.

As pessoas mais produtivas que eu conheço, são justamente aquelas que conseguem realizar todas as suas tarefas em um pequeno período de tempo.

Na verdade, a maioria esmagadora de pessoas de grande produtividade que conheço, sejam empresários ou profissionais autônomos (normalmente) não trabalham mais que 5 horas por dia de forma efetiva. Diferente dos "ocupados" que chegam a trabalhar 12, 13 até 14 horas por dia.

Conseguir gerir o seu tempo sendo efetivamente produtivo é o segredo para o sucesso, independente da sua área de atuação.

Por mais que cada um de nós tenha o seu próprio conceito de produtividade, a verdade é que todos nós queremos fazer mais em menos tempo.

Qual o segredo da produtividade?

O segredo para ser sempre verdadeiramente produtivo é manter o foco! Simples assim!

Manter o foco no que precisa ser feito, independente das distrações e do quanto você gostaria de fazer outras coisas "mais prazerosas" em curto prazo, é o segredo para conseguir grandes conquistas a longo prazo.

Manter o foco nos permite concentrar em uma única tarefa até completá-la. Esqueça essa história de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo. Isso só funciona quando realizamos uma atividade intelectual combinada com uma atividade física. Ouvir música e praticar exercícios físicos por exemplo.

E por falar em o que funciona e o que não funciona...

10 Dicas simples para ganhar em produtividade

Para finalizar, gostaria de deixar aqui uma lista com a qual me preocupe sempre e que ajuda muito quando o assunto é ganhar em produtividade. Espero que o ajude a fazer uma análise simples, mas com resultados poderosos!

1. Analise o seu dia e descubra o que está tirando o seu foco.

2. Redes sociais, celular, emails... elimine as distrações de sua vida ou no mínimo marque horários específicos para lidar com elas.

3. Utilize uma lista de tarefas mantendo sempre em primeiro lugar as mais importantes. Assim você evita ter que perder tempo tentando se lembrar do que tem que fazer. 

4. Acostume-se a planejar seu dia para cumprir as tarefas mais importantes primeiro.

5. Experimente organizar a sua semana no domingo à noite. Reserve alguns minutos para isso e sinta a diferença na economia de tempo durante a semana.

6. Aprenda a dizer não e a se recusar a realizar tarefas menos importantes, focando-se nas mais importantes.

7. Evite lidar com pessoas negativas e trabalhe suas emoções para ser cada vez mais positivo.

8. Nunca misture trabalho com lazer. Ou você faz uma coisa ou outra. As duas ao mesmo tempo é a receita para não fazer bem nem uma, nem outra.

9. Aproveite as atividades "automáticas" como exercícios repetitivos ou arrumação da casa, para ouvir podcasts ou audiobooks por exemplo.

10. Cuide do seu corpo. Exercícios físicos, meditação, alimentação saudável e principalmente descanso. Seu corpo precisa de descanso para se recurar. 

Finalizando

Se tornar alguém extremamente produtivo não depende apenas de técnicas e exercícios, você precisa antes de mais nada, descobrir qual o seu propósito.

"Não existe vento favorável a quem não sabe onde deseja ir."

Sêneca
Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
Leia Mais ►

Será que eu tenho o perfil certo para ser um Blogueiro profissional?

Por conta da quantidade de contatos que recebo diariamente sobre como começar um blog ou como começar a blogar de maneira correta, etc. (variações mil, mas o conteúdo é quase sempre o mesmo), resolvi focar em uma das perguntas que mais me fazem, deixando aqui a minha opinião sobre o que é preciso para se começar a pensar em ser um Blogueiro Profissional. Mas principalmente para tentar ajudar e orientar quem está começando.


Então, chega de enrolar e vamos direto ao assunto!

Será que eu tenho o perfil certo?

Todo mundo sabe e eu não vou mais ficar batendo na mesma tecla de que todos os dias são criados milhões de blogs pelo mundo certo? E da mesma forma que são criados, são deletados ou apenas deixados de lado, esquecidos!

Infelizmente a grande maioria das pessoas que começa um blog simplesmente não tem o menor talento natural para a coisa, não quer saber de aprender, se esforçar, estudar, e isso fica fácil de ver!

Vamos pensar um pouco:

Se você deseja ter um blog, não interessa se por hobby ou para ganhar um dinheiro extra e até mesmo como profissão (vamos falar sobre isso depois), o mínimo que você precisa é saber escrever corretamente.

Estou falando de português claro e simples!

Veja bem, não sou nenhum professor de português. Cometo meus erros e quase sempre deixo passar algumas coisas que chegam a dar arrepios. Mas o fato é que procuro me cuidar e principalmente aprender e melhorar sempre.

Portanto, se você está pensando mesmo em se tornar um blogueiro, seja lá por qual motivo for, antes de mais nada, pense se você gosta de escrever e se leva jeito. Se tem dúvidas sérias sobre isso, talvez você devesse antes de mais nada, procurar se informar e aprender o básico, para só então pensar em mostrar o seu texto para alguém.

Não tenha vergonha em admitir que não sabe. Ninguém nasce sabendo. E essa é a mais pura verdade. Ninguém nasce sabendo, mas pode aprender.

Como começar com o pé direito

Eu sei que se conselho fosse bom ninguém dava, vendia (e se alguém quiser comprar aceito cartão e/ou posso emitir um boleto). Mas ainda assim, vou tentar.


Antes de pensar em começar um blog, comece por encontrar blogueiros que te inspirem. Que tenham um texto que te agrade, te prenda até o fim e passe a acompanhá-los.

Comece a prestar atenção não só nas palavras (eu acredito que a melhor forma de se aprender a escrever é lendo e muito), mas na forma como eles editam cada texto.

Será que você presta atenção nos artigos que lê? Você já reparou que muitos blogueiros (inclusive eu) tem como norma dividir os textos em partes, separando-os com títulos e subtítulos de fontes (tamanho da letra) grandes e assuntos que se completam, mas que poderiam muito bem ser abordados separadamente? (ainda vamos falar especificamente sobre edição de texto, diagramação, etc.).

Por hora, comece a prestar atenção na forma como os blogueiros que você acompanha costumam montar seus artigos. Da forma como separam os textos, até o uso de imagens.

Eu sei que a tentação é grande e que a vontade é de sair correndo para criar um blog gratuito com o seu layout padrão, só para sair escrevendo, mas vai por mim, você não vai ter duas chances de causar uma boa primeira impressão.

Por mais que seja fácil começar um blog hoje, se você fizer isso sem um mínimo de planejamento, vai se arrepender amargamente. E não estou aqui para te desencorajar. Pelo contrário!

O que eu quero é que você comece logo sim, mas sabendo o que está fazendo.

Sei que se você estudar e se planejar bem, vai evitar muitas dores de cabeça e principalmente todo o trabalho que teria para corrigir os erros que fatalmente vai cometer.

Eu não tenho tempo a perder

Se você realmente tem o sonho de se tornar um blogueiro, a sua idade não importa e muito menos o que você faz ou deixa de fazer. Tudo o que importa é que você tenha certeza daquilo que quer.

Se o fato de não ter mais tempo a perder tem algum peso, você deve colocar todo esse peso em ter certeza se é isso mesmo que você quer. Aí entra de fato o tempo que eu mencionei antes. Tempo para ler, estudar e aprender. É durante esse tempo que você vai conseguir a certeza de querer ou não entrar nessa!

A única coisa que posso garantir com 100% de certeza é que você vai ter muito trabalho pela frente, independente se você escreve bem ou não, se você sabe aprender com os erros dos outros ou se precisa cometer os seus próprios erros.

Blogar é uma atividade como qualquer outra. Você vai cair, se machucar, por vezes se arrepender de uma ou outra coisa e o pensamento em desistir vai estar o tempo todo rondando você. E então, como dizem os grandes "comandantes", é aí que você descobre do que é feito!

Portanto, se você deseja do fundo do coração ser blogueiro, não perca tempo querendo fazer tudo de qualquer jeito. Leia, estude, aprenda e só então se aventure.

Te garanto, por mais que pareça distante e trabalhoso criar e desenvolver um blog de qualidade, com textos próprios e um layout ideal, tudo vale a pena! A aventura vale a pena! Não duvide. Apenas tenha certeza de que é isso que você quer e não se envergonhe se essa não for a sua praia. Afinal, existem milhares de aventuras esperando para serem vividas, a "Blogosfera" não é a única terra a ser desbravada!

Pense nisso e evite ser mais um a perder tempo, dinheiro e oportunidades!

Se vai fazer, faça de coração. Ou então não faça!

Um blogueiro é acima de tudo profissional



Se você ainda está aí e não desanimou (a intenção não foi essa, juro), quer começar mesmo essa história de de ser Blogueiro Profissional, então vamos falar um pouco sobre alguns pontos e características que são fundamentais e que podem ser identificados em todo blogueiro de sucesso.

A concorrência hoje em dia está tão grande e a quantidade de blogs que tratam de um mesmo tema é tanta, que se você não se profissionalizar será apenas mais um. E mesmo que o seu objetivo seja apenas blogar por hobby, duvido muito que com o tempo você se contente com tão pouco.

Agora, se você quer mesmo se destacar da concorrência e até mesmo para saber se é isso mesmo que você quer, blogar, é bom começar pensando sobre esses pontos e se você tem algo em comum com as características citadas abaixo (ou pode se esforçar para desenvolvê-las).

Um Blogueiro Profissional Gosta de Escrever


Acredito que eu tenha deixado bem claro até aqui o quanto é importante gostar de escrever e aprender a escrever bem, mas nunca é demais reforçar.

Ter vontade de escrever e prazer em ver seu artigo publicado é uma característica básica de todo e qualquer blogueiro de sucesso.

Se você é do tipo que morre de vontade de escrever, seja lá qual o tema, você tem um blogueiro em potencial dentro de você só esperando para ser libertado!

E não preciso nem dizer que o "gostar de escrever" anda junto e de mãos dadas com o "gostar de ler". Aliás, não consigo ver um coisa separada da outra.

Um Blogueiro Profissional Tem Disciplina



Algo que não se perdoa no mundo dos blogs é o abandono. Quando você assume a posição de escritor, consequentemente você passa a ter leitores. E os leitores não perdoam nunca um blog abandonado. Até por isso bati tanto na tecla de que você precisa ler, estudar e aprender com outros blogueiros.

Tudo bem, você pode usar a desculpa de que não tem tempo para atualizar o blog, afinal, você tem milhares de coisas para resolver e faz tudo ao mesmo tempo, mas…

Uma das características principais que temos em comum entre praticamente todos os blogs de sucesso é a sua atualização constante, mas não só! Além de serem atualizados constantemente, os blogs de maior sucesso tem em comum a figura de seus autores como alguém confiável, alguém com quem se pode contar e invariavelmente alguém que tem um profundo conhecimento sobre aquilo que escreve.

Portanto, se você deseja mesmo ser um blogueiro sério, precisa antes de mais nada passar essa seriedade em seus textos (e não importa quantas coisas você tem para fazer por dia, organize-se e faça o que tem que fazer. Sem desculpas!).

Importante: Não confunda passar seriedade em um texto, com um texto “duro”, “sem sal”. Você pode e deve brincar com os seus leitores.

Um Blogueiro Profissional Respeita


Além de esperar uma atualização constante do blog, os leitores também esperam ser respeitados. E nessa área em que atuamos, você não deve nunca menosprezar um blogueiro que está começando e muito menos esnobar ninguém. Aliás, você não deveria esnobar ninguém em qualquer área. Enfim…

O fato é que os leitores merecem e esperam o seu respeito. E isso se traduz respondendo os comentários e e-mails que recebe, além do comprometimento com o que você publica.

Se promete uma série de artigos sobre determinado assunto, cumpra. Se promete escrever um texto sobre algo que um leitor lhe perguntou, cumpra.

Acredite em mim quando digo que todo e qualquer leitor merece o seu respeito e você só tem a ganhar com isso.

Um Blogueiro Profissional é Honesto


Faz parte do respeito com o leitor, mas achei melhor separar esse tópico para não deixar nenhuma dúvida sobre o que eu penso a respeito. Seja lá um mundo ideal, utópico, pode ser, mas é no que eu acredito.

E por isso, com muita sinceridade que eu peço: Se você pensa em começar um blog tentando se aproveitar de contatos, textos alheios ou qualquer coisa do tipo, não faça isso!

Não existe lugar na internet (e nem em qualquer outro lugar, na minha humilde opinião) para gente desonesta (ao menos no meu mundo). Tudo o que a Blogosfera menos precisa agora é de mais um blog de plágios ou do fulano que é amigo do beltrano.

Um Blogueiro Profissional Gosta de Aprender e Ensinar


Se você realmente deseja se tornar um blogueiro, você precisa antes de mais nada gostar de aprender e gostar de ensinar na mesma medida.

Ser humilde o suficiente para saber que sempre vai existir alguma coisa nova para aprender é tão importante quanto saber que sempre vai existir alguém que vai precisar da sua ajuda.

Mesmo quem não publica tutoriais, que são formas de ensinar mais diretamente, sempre acaba recebendo perguntas sobre como conseguiu fazer tal coisa ou mesmo sobre o tema principal de cada artigo.

Então fique sabendo que, um blogueiro de verdade sente prazer em aprender coisas novas e tem paciência e sente tanto ou mais prazer ao ensinar o que sabe para todos os que querem aprender.

Um Blogueiro Profissional Trabalha Duro


Ainda que você queira criar um blog apenas para divulgar suas ideias, sem maiores pretensões, blogar é uma atividade extremamente trabalhosa. Ser blogueiro dá trabalho e muito.

Hoje não basta apenas escrever e publicar. A escrita, edição e publicação de um artigo é apenas um pequeno passo dentro de um universo muito mais complexo.

Para conseguir que seus artigos sejam lidos você precisa aprender o mínimo sobre técnicas de SEO (otimização para motores de busca), estar presente nas principais redes sociais, visitar e promover outros blogs, seja através de comentários, seja através de artigos em seu blog. Participar de fóruns, debates e tudo mais que aparecer (meter a cara sem medo mesmo). E tudo isso dá trabalho, dá muito trabalho!

Por isso, se você realmente quer se tornar um blogueiro de verdade, você precisa desde já estar ciente de que o trabalho é grande e de que os resultados vão demorar para aparecer.

Um Blogueiro Profissional Tem Iniciativa


Se você é do tipo de pessoa que precisa ser mandado para fazer qualquer coisa, então com certeza a Blogosfera não é o lugar ideal para você. Para conseguir sucesso como blogueiro você precisa antes de qualquer outra coisa ser uma pessoa com iniciativa!

Uma das características mais marcantes de um blogueiro de sucesso é sair na frente e falar sobre o que é novo ou mostrar o velho com novos olhos. Seja como for, ter sempre a iniciativa e "dar a cara pra bater" sem medo.

Se você quer mesmo ser blogueiro, você precisa gostar de escrever, ter disciplina, respeito e ser honesto. Precisa ter vontade de aprender e paciência para ensinar. E principalmente, estar disposto a trabalhar duro e ter a coragem de ser o primeiro, de colocar seu nome e seu rosto naquilo que faz e por o dedo na ferida quando for preciso.

É certo que não existe receita pronta, mas também é certo que se conseguir reunir as características que citei acima, conseguirá se tornar um blogueiro de sucesso!

Seguindo em frente

Acredito que nesse ponto não exista mais ninguém que ainda tenha alguma dúvida com relação a sua vontade de ser blogueiro ou não, certo?

Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
Leia Mais ►


Cada Cliente Aqui é Especial

© Copyright Tico Esteves - Todos os direitos reservados