15 Dicas Para Converter Visitantes Em Leitores Fiéis

Conseguir visitantes não é a coisa mais difícil do mundo. Na verdade, só de atualizar o blog com frequência o Google já cuida do resto. Sem mistério! Claro, você pode dar uma forcinha, mas em um primeiro momento, muito mais importante que “quantas visitas você recebe?” é “quantos visitantes se tornam leitores fiéis?”. Já que são os leitores fiéis que realmente fazem o blog crescer!

Para tentar ajudar quem está começando (mas não só) a converter visitantes ocasionais em leitores fiéis, hoje vamos ver 15 dicas para converter visitantes em leitores fiéis!



1. Um Layout Simples E Fácil

Não importa se o melhor e/ou mais famoso web designer criou o seu layout, se ele é uma confusão que deixa todo mundo louco para sair correndo e não voltar nunca mais, não vai funcionar!

O visitante não gosta de confusão! Seu layout precisa ser de fácil entendimento. O visitante não gosta de perder tempo e nem ter que ficar decifrando seu blog. Ele quer encontrar o que procura e é seu trabalho fazer com que o resultado dessa busca seja o mais simples, direto e preciso possível!

2. Tempo De Carregamento

De nada resolve ter um layout simples e que destaca o conteúdo como tem que ser, se o seu blog leva um ano para carregar.

Ninguém gosta de esperar, ainda mais um visitante que chega pela primeira vez em seu blog!

Se eu já conheço o conteúdo do blog, até nem me importo em esperar um pouco, mas se é minha primeiro visita, sinceramente não consigo ficar esperando por muito tempo não viu? Se demora muito para carregar, acabo saindo antes mesmo de ver a “cara” do blog.

3. Links Internos

Os links que ajudam o visitante a encontrar o conteúdo com maior facilidade, desde o menu principal, passando por links laterais e/ou no rodapé do blog, e finalmente os links internos no próprio texto devem ser muito bem cuidados e pensados de maneira a sempre ajudar o visitante a encontrar todo o conteúdo que você tem disponível sobre o assunto que ele está buscando. O assunto que o trouxe até o seu blog.

Facilite ao máximo a experiência do visitante dentro do seu blog. Faça com ele consiga sempre encontrar o que procura e principalmente, nunca deixe a impressão de que “faltou alguma coisa”. Por isso estou sempre repetindo que conteúdo de qualidade é fundamental!

4. Links Externos

Muita gente tem medo de linkar outros sites, pois imagina que o visitante vai clicar naquele link e nunca mais voltar. Não é verdade!

Na grande maioria dos casos, o visitante fica agradecido e percebe que o autor tem um compromisso com o conteúdo e não em prendê-lo no seu blog. Isso passa uma imagem de confiança e geralmente o visitante volta para procurar por mais conteúdo de qualidade. Já que é essa a imagem que o blog passa.

5. Cuidado Com Tamanho E Quantidade

Uma coisa que você tem que saber dosar muito bem é o tamanho dos artigos e a quantidade publicada. O visitante que chega ao seu blog de uma vez vai gostar de ver conteúdo novo, mas se você exagerar, com certeza vai perdê-lo!

É preciso ter uma medida! Se você vai atualizar o seu blog diariamente, ótimo! Se vai colocar mais de um artigo por dia, cuidado!

Até dois artigos por dia com conteúdo de qualidade e bem densos, ok! Mais que isso o visitante já pode se sentir perdido e pensar que não vai conseguir acompanhar as atualizações.

O ideal, na minha opinião, é um artigo grande por dia. Agora, se você tem muito conteúdo para oferecer, publique dois grandes artigos por dia e se ainda sim, quiser atualizar mais vezes o blog, prefira artigos menores, vídeos e imagens, deixe o texto o mais simples possível.

6. Fique Ligado Nas Sugestões

Geralmente quando os visitantes encontram algo errado ou mesmo que não os agrada, costumam deixar isso bem claro em um comentário, por vezes grosso até. Mas antes de sair apagando tudo que é grosseria, vá conferir!

Esteja sempre atento as sugestões, dúvidas e críticas. Essa é a melhor forma de estar sempre melhorando. Claro, não perca seu tempo com quem está apenas querendo brigar, mas pare para ler todo e qualquer comentário (se você vai publicar ou não, são outros quinhentos, mas leia e avalie sempre).

7. Erros De Português Espantam Todos

Se quer ter um blog, não adianta, você vai precisar aprender o mínimo sobre regras de português e interpretação de texto.

Não tem nada pior que chegar em um blog e ver erros de português grotescos, coisas que na maioria dos casos, uma simples leitura teria evitado.

Eu estou longe de ser um professor de português. Aliás, sempre gostei mais de matemática, mas a partir do momento que resolvi escrever um blog, resolvi também aprender o mínimo (até hoje aprendo coisas novas todos os dias).

Então, se quer mesmo ser blogueiro e levado a sério, estude e aprenda!

8. Considere-se O Maior E Melhor

Gostaria de dividir com vocês um truque bem legal que eu uso todos os dias:

Assim que vou começar a escrever um texto, quando já tenho o tema definido, fico parado por uns cinco minutos e tento me imaginar como um grande escritor (sei que parece bobo, mas funciona). Fico imaginando que sou o melhor naquilo que faço e sou reconhecido por isso. Enfim...

O fato é, cinco minutos de olhos fechado, respirando e imaginando que sou o melhor no que faço já me são suficiente para conseguir abrir os olhos e escrever o texto todo de uma vez, da melhor maneira que consigo e sem me distrair com nada (alguns vão dizer que isso se chama concentração! rs).

Claro que nem sempre dá certo. Agora o mais importante (mesmo quando dá certo):

Assim que termino o texto, volto ao “normal” e ao contrário do que era antes, me ponho no papel de crítico e vou analisar o texto buscando seus defeitos e cortando o que pode ser cortado. Mas sempre do outro lado da moeda, ou seja, com humildade suficiente para saber que sou só um aprendiz e ainda tenho uma estrada enorme pela frente! ;)

9. Um Resumo Nos Três Primeiros Parágrafos

Sempre que for escrever um artigo, a melhor forma de seguir essa dica é escrever todo o artigo e só depois voltar aos primeiros parágrafos, reescrevendo-os fazendo um resumo sobre o assunto que será tratado a seguir.

Isso faz com que o visitante fique intrigado e até pode despertar interesse em um artigo que a princípio, apenas pelo título não despertaria.

10. Faça Uso De Negritos E Sublinhados

Se hoje em dia temos editores de texto tão fáceis de usar, porque não usá-los para melhorar a qualidade do texto?

Além disso, usar negritos e sublinhados nas palavras-chave, também ajudam com os mecanismos de busca. Então, use! Destaque palavras-chave e frases fundamentais do texto.

Chame a atenção, busque mudar o foco do olhar do visitante para o que você quer.

11. Use Letras Grandes

Não é porque está na moda, mas sim porque funcionam! Usar uma fonte bem maior que a do texto para divulgar títulos e frases que separam conteúdo no seu artigo, ajuda o leitor dando tempo para respirar.

Hoje em dia um artigo é praticamente dividido em pequenos textos que formam um todo. Isso deixa o visitante mais a vontade e ao mesmo tempo não o obriga a perder tempo lendo partes do texto que não o interessam.

12. Cuidado Com A Publicidade

Sempre falo por aqui que publicidade em excesso é um tiro no pé! Seu blog fica confuso e sujo. O que dificulta para o visitante encontrar o que ele procura e ele vai embora para nunca mais voltar.

A dica é simples: Não tenha mais publicidade que conteúdo!

Não exagere, não pense que com muitos anúncios você vai ganhar mais dinheiro. Isso não é verdade e só vai servir para espantar os visitantes que chegarem até seus anúncios seu blog.

13. Anúncios São Ruins, Pop ups Pior Ainda

Não importa o quanto um anúncio pague por visualização, nada justifica obrigar o visitante a clicar em algo ou mesmo ter o trabalho de fechar uma janela para alcançar o conteúdo.

Agora você deve estar pensando: “Esse cara tá falando que não pode usar pop-up e tal, mas tem uma que deixa a tela preta só pra ela aparecer!” (calma pequeno gafanhoto rebelde!).

Realmente eu tenho uma espécie de pop-up aqui no blog, mas não é um anúncio. Na verdade é um oferta de conteúdo e que agrada muito mais que desagrada.

Assinantes de feed em sua esmagadora maioria são visitantes que se tornaram leitores. Então, a minha “pop-up” cumpre sua função com louvor. Além de agregar valor e não retirar!

14. Visite Seu Próprio Blog

Conheço gente que tem um blog e que o atualiza todos os dias, mas que por usar um editor de texto fica dias sem nem olhar para a “cara” do blog.

Agora me explica, como é que o visitante vai levar seu blog a sério e “perder” o tempo dele por lá, se nem você mesmo está disposto a fazer isso?

Te digo que a melhor maneira de saber como as coisas estão é visitar o seu blog como se fosse um visitante. Eu faço isso todos os dias, no mínimo duas vezes por dia.

Costumo até digitar o nome do blog no Google só para saber como é a experiência de um visitante que chega até o blog pela primeira vez! ;)

Enfim, é muito importante que você tenha a noção exata de como está o seu blog aos olhos do visitante e aí sim, fazer as alterações necessárias.

15. Desenvolva Um Estilo Próprio

É claro que no início, a grande maioria (para não dizer todo mundo) começa imitando alguém. Isso é fato! Se você começa a conhecer esse mundo dos blogs através de alguém, um blogueiro que te motiva a também começar a blogar, nada mais natural que imitá-lo, ainda que inconscientemente.

No meu caso, comecei imitando a Nospheratt, que foi quem me introduziu (ui! no bom sentido heim? rs) no mundo dos blogs através dos seus tutorias e “consultorias gratuitas” (como eu aluguei essa moça, meu Deus! :P )

Com o tempo e sem perceber, acabei notando que as coisas estavam mudando e que eu já tinha um jeito próprio de escrever. Já sabia o que queria e como passar minhas ideias.

Não foi mágica, mas foi quase! Um truque chamado por muitos de “Experiência”!

Portanto, se vai começar a blogar, sem problemas começar imitando alguém no jeito de formatar o texto, a forma como escreve, sem problemas mesmo! Mas sempre, sem exceção, procure colocar um pouquinho de você em cada linha, em cada parágrafo. E quando menos perceber, vai ter seu estilo reconhecido, por você mesmo e por outros!

E a maneira mais simples de ver isso é quando você visita alguns blogs e tem uma pequena dúvida se foi o autor ou você mesmo que escreveu aquele artigo! :P

Conclusão

Estão aí amigos, 15 dicas que se bem aplicadas, tenho certeza vão te ajudar a converter seus visitantes em leitores fiéis!

Essas foram as minhas 15 dicas para converter visitantes em leitores fiéis. Quais as suas?

Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves
© Copyright Tico Esteves - Todos os direitos reservados