FAÇA PARTE DA MINHA LISTA VIP DE E-MAILS   

Pés no chão - Mantenha as contas em dia para depois começar a sonhar

Sonhar é fundamental até para mantermos a sanidade nos dias de hoje, mas infelizmente, o que vem acontecendo com a maioria das pessoas é que estão sonhando muito e agindo pouco.


Independente do seu nível econômico, existe um ponto básico que parece simples e óbvio, mas que tem muita gente tropeçando nele. Boa parte da população está gastando mais do que ganha e arrancando os cabelo no fim do mês por não ter como pagar as contas.

O primeiro ponto, o mais básico de todos para quem quer conquistar a tão sonhada independência financeira, é GASTAR MENOS DO QUE SE GANHA. Isso é simples, mais batido que nunca, mas pelo que estamos vendo nos últimos tempos, parece que na teoria é bem mais fácil que na prática.

Se você está passando por dificuldades financeiras e não sabe bem o que fazer, vamos discutir isso por aqui e tentar te ajudar da melhor maneira possível ok?

Não sou formado em economia, não sou contador e muito menos um bilionário de qualquer área que seja. O que eu sou é um pai de família que teve que aprender a duras penas como fazer o seu dinheiro render o suficiente para não faltar no final do mês.

E existe nessa história, alguns pontos que podem ajudar a qualquer pessoa que está passando hoje pelo que eu passei ontem. E que se bobear posso passar outra vez amanhã. Por isso quero contar como eu me viro por aqui e estou sempre buscando formas de melhorar e principalmente, ter dinheiro sim, mas sem perder a qualidade de vida.

Para você compreender um pouco do que eu quero passar aqui, em primeiro lugar é importante que você entenda que está cada vez mais difícil conseguir um emprego descente. Um emprego justo, que pague o suficiente para que você possa viver e sustentar a sua família dignamente.

O grande problema é que a maioria das pessoas se desespera por causa disso e se esquecem de um simples fato, que sempre existiu e sempre vai existir:

Arrumar um bom emprego está cada vez mais difícil, para não dizer raro, mas oportunidades de trabalho, sempre existiram e sempre vão existir.

Trabalho é diferente de emprego


Como eu disse, conseguir um bom emprego, com carteira assinada, está muito difícil, mas sempre vai haver demanda para o trabalho bem realizado.

Se você não acredita, pense bem.

Lembre-se do cara, que sorrindo, passa aí na sua porta vendendo alguma coisa. E que você, sua esposa ou sua mãe, acabam comprando, seja lá por qual motivo for.

Quem vende na rua dificilmente tem carteira assinada. Na verdade, na grande maioria dos casos trabalha por conta própria. E isso é só um exemplo. A diarista que aparece as vezes, o "cara" que apara a grama do prédio e que ninguém conhece ou sabe o nome (mas o trabalho dele é bom, isso todo mundo diz).

Conseguiu entender? O trabalho aqui é qualquer atividade que resolva uma necessidade. Qualquer atividade que resolva um problema ou que proporcione algum prazer ou conforto.

Não tenha vergonha de ser honesto


Sabe aquela história do "eu poderia estar matando, eu poderia estar roubando, mas..." que ouvimos dentro dos ônibus as vezes? Pois é! Aquelas pessoas não tem vergonha de trabalhar e você também não deveria ter!

Qualquer trabalho honesto é um trabalho digno. E por isso deve ser motivo de orgulho e não de vergonha.

Outro dia um amigo me perguntou se eu não tinha vergonha de ficar todas as sextas à noite vendendo churrasquinho (o espetinho de gato sabe?) na frente de uma quadra de futebol aqui do bairro.

Sinceramente, eu não respondi como deveria. Apenas disse que não, que gostava de estar ali.

Porém, a verdade é que a resposta completa seria:

Além de gostar desse contato direto com o público, do papo animado de alguns clientes já fiéis, eu tenho um orgulho danado de saber que o dinheiro que eu ganho ali, nas pouco mais de 4 horas de trabalho semanais, é um complemento de renda que paga não só as 3 caixas de leite que o meu filho bebe por mês, mas também as frutas que compõem a vitamina que ele bebe pela manhã e os biscoitos que ele tanto adora. Não só isso, é esse dinheiro que põe gasolina no carro durante todo o mês. E dependendo do faturamento, até proporciona uma saída por mês só eu e a minha esposa.

Então, a resposta é: Tenho um orgulho danado de ficar ali parado vendendo meus espetinhos todas as sextas!

Sou Web designer, Web master, ilustrador, tatuador e... churrasqueiro de final de semana, com muito orgulho!

E essa não é a única atividade que eu exerço que seria para alguns, motivo de vergonha (não para mim). Eu também corto a grama do prédio onde eu moro uma vez por mês. Não leva nem 2 horas e eu ganho 50% de desconto no condomínio. Chupa! rs

Quer mais?

Pois bem! Eu faço salgados congelados que são vendido pela minha mãe e minha irmã para as amigas viciadas em fritura e uns 3 donos de bar que não querem ter trabalho, só lucro e eu só gasto um pouco da sola de sapato para vender, quando sobra algum salgado (o que é difícil, porque as amigas da minha mãe são boas de guarfo! rs)! Minha mãe não tem paciência e minha irmã não tem talento para cozinha. Então, eu aprendi e faço os salgados. Não gasto mais que algumas horas de uma tarde por semana e ganho um trocado que paga no mínimo a nossa conta de telefone/internet por mês fazendo coxinhas, pasteis, etc. 

Consegue entender o ponto aqui?

Apesar de ter estudado, me especializado, ter trabalhos fixos na minha área, eu não consigo e não posso ficar parado perdendo tempo reclamando da vida. Muito menos ter vergonha daquilo que põe mais comida na minha mesa e ajuda a dar um pouco mais de conforto para a minha família.

E mais, não foi uma, nem duas vezes, que a partir de um trabalho que muita gente pensaria em não fazer, que surgiram oportunidades maravilhosas para ganhar um dinheiro que de outra forma eu não veria.

Não exite motivo para ter vergonha por trabalhar honestamente. E sinceramente, se alguém disser o contrário, se afaste dessa pessoa e gaste seu tempo trabalhando!

Suas despesas devem ser sua maior prioridade


Manter as contas em dia não é só batalhar feito um louco para conseguir dinheiro, isso é insano. Manter as contas em dia deve e pode ser mais fácil que isso.

Se você quer ter liberdade de verdade para sonhar, você precisa entender que controlar suas contas, controlar seus gastos, é uma questão de honra. E para fazer isso, você precisa compreender que antes de correr atrás de cada vez mais dinheiro, você pode e deve tentar reduzir seu gastos.

Uma coisa que eu aprendi com o tempo (e a falta de dinheiro) foi que nós sempre conseguimos viver com menos.

Não estou dizendo que você deve se sacrificar (apesar de acreditar que um sacrifício para conseguir um bem maior é muito válido), mas existem várias maneiras de conseguir economizar na hora dos gastos.

Você já parou para pensar que o dinheiro que você gasta em contas (água, luz, telefone, etc.) poderia ter boa parte gasta em outra coisa?

Ou que você simplesmente teria mais tempo para passar com a sua família se não tivesse que trabalhar tanto para pagar as contas?

Exitem algumas dicas simples, mas que trazem bons resultados na hora de economizar e gastar menos com as contas. Vamos ver algumas?

Iluminação


Você sabia que uma lâmpada fluorescente ilumina tanto quanto uma comum, mas dura até 10 vezes mais? Basta que você evite ficar acendendo e apagando a luz o tempo todo, já que esse é o único momento em que uma lâmpada fluorescente gasta mais energia.

Outra dica importante é evitar pintar as paredes com cores escuras. Eu sei que é bonitinho e tá na moda (ainda está?) pintar uma parede de cor diferente. Mas lembre-se: Pintar a parede de cor mais escura é sinônimo de gasto maior de energia com iluminação na tentativa de clarear o ambiente.

E é importante também ficar atento aos lustres. Manter eles limpos ajuda a gastar menos energia iluminando mais o ambiente.

Banheiro / Chuveiro


Uma coisa que parece boba, mas que muita gente não dá atenção, é o fato de fechar a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba. Mas a verdade é que uma torneira aberta pode desperdiçar até 15 litros por minuto (faça as contas).

Você sabia que a chave na posição verão do chuveiro economiza até 30% de energia? E que se você limpar os buraquinhos por onde a água passa, você aumenta a vazão e diminui a necessidade de energia gasta?

E se você diminuir os seus banhos para no máximo 10 minutos, vai economizar, não só energia elétrica, mas água também. Além da sua pele!

Cada minuto no chuveiro pode gastar em média 23 litros de água dependendo do chuveiro. Pense nisso antes de ficar pensando na vida no chuveiro (deixe para fazer isso com a cabeça no travesseiro! ;) ).

Além de tudo isso, você sabia que uma torneira pingando pode gastar até 2.000 litros de água em um mês? Isso tudo só porque você não se deu ao trabalho de comprar e trocar uma mísera bucha?

Geladeira


Pense no que você quer, antes de abrir a porta da geladeira. Quando você abre a porta, o ar frio escapa e o motor é obrigado a trabalhar mais para esfriá-la novamente. Gastando assim, mais energia.

E partindo do mesmo princípio, procure instalar sua geladeira longe do fogão e do sol. Dê preferência para lugares onde o ar circula mais livremente.

Dê especial atenção também para a borracha da porta. Se ela estiver com problemas, é quase a mesma coisa que deixar a porta aberta o tempo todo. E você não quer isso.

E tão importante quanto: Nunca guarde alimentos quentes na geladeira! Sempre espere a comida esfriar antes de guardar. Você vai notar a diferença na conta de energia elétrica e também no tempo de duração da sua geladeira sem precisar de um conserto.

Ferro de passar


Se você ainda usa ferro de passar (só é usado aqui em casa em ocasiões muito, mas muuuito especiais), procure juntar o maior número de roupas para passá-las todas de uma só vez. Além disso, deixe as roupas mais leves para o final. Assim você pode desligar o ferro, aproveitando enquanto ele ainda está quente das outras roupas para passar as mais leves.

E a TV?


A televisão, apesar de gastar pouca energia em comparação com outros aparelhos (comparando em número de horas de funcionamento equivalentes ok?), também pode ajudar na hora de economizar.

Um jeito simples é desligar ou programar a TV para desligar antes de dormir.

Luzinha vermelha nunca mais


Aparelhos em "stand by" (aqueles que ficam com uma luzinha vermelha acessa quando não estão sendo usados, como o DVD ou o microondas) gastam energia de forma desnecessária. Portanto, se não estiver usando, puxe a tomada!

Máquina de lavar


Não tem jeito, principalmente para quem mora em um apartamento pequeno, a máquina de lavar é uma vilã. Vive sempre ligada e além do barulho chato, está gastando energia. 

Para tentar minimizar isso, procure juntar o máximo de roupa suja antes de lavar. Assim você enche a máquina e faz o serviço uma vez só. E além de economizar energia, também economiza na água e no sabão.

No mais, evite usar extensões e benjamins (os famosos "T's") eles desperdiçam energia. E procure sempre que possível, comprar aparelhos com os selos de qualidade, pois eles indicam que os aparelhos são mais eficientes, logo, consomem menos energia.

Conclusão


Na grande maioria das vezes são dicas simples e fáceis de serem implementadas, mas que precisam de disciplina e principalmente bom senso.

Fora isso, ainda vamos falar muito por aqui de trabalho e formas de ganhar dinheiro honestamente para quem está precisando complementar a renda ou mesmo está sem renda no momento.

O que eu queria passar com esse artigo era que se você quer sonhar em melhorar de vida e conquistar sua independência financeira, você precisa primeiro aprender a controlar suas contas, economizar, viver com o que você tem e principalmente manter os pés no chão.

Tem mais dica aí?


Essas são apenas algumas dicas, mas eu tenho certeza que tem muita mais coisa para se fazer quando o assunto é economizar.

Se você tem mais alguma dica ou sugestão, não se envergonhe em utilizar os comentários para compartilhá-las ok?


Um abraço e até o próximo artigo!
Tico Esteves

BAIXE SEU LIVRO GRÁTIS!

Publicado por Tico Esteves

Apaixonado pela vida e a família. Um Empreendedor Digital buscando ajudar as pessoas e devolver ao mundo tudo de bom que recebe. Além de ser um defensor ferrenho da lei da reciprocidade.

Saiba mais clicando aqui.

0 comentários:

Postar um comentário